Em 12 anos de gestão Iris-PT, problemas de Goiânia se agravam ainda mais

Se somadas as administrações de Pedro Wilson, Iris Rezende e Paulo Garcia, a dobradinha PT-PMDB já atinge a marca de 12 anos ininterruptos de comando da Prefeitura de Goiânia.

Apesar da propaganda irista e petista, os problemas centrais da cidade se agravaram neste período, sem que Pedro, Iris e agora Paulo tenham atuado para resolvê-los.

O transporte coletivo continua ineficiente, superlotado e desrespeitando o usuário. Os postos de saúde da Prefeitura estão sem médicos em número suficiente e não conseguem atender a demanda. Resultado: filas intermináveis, muito sofrimento de que precisa de ajuda médica, Cais e Ciams superlotados. Na questão do trânsito, não houve avanços, só retrocessos e as ruas e avenidas da cidade estão cada vez mais engarrafadas.

A limpeza pública praticamente entrou em colapso nos últimos meses. A Prefeitura não atende à procura por creches e não tem projeto social de peso.

E os bairros encontram-se abandonados, com inúmeros problemas sem soluções.

Enfim, para não se estender muito, o legado dos 12 anos de administrações petistas e peemedebistas é bastante negativo.