Presidente do Sindicato de Jornalistas, que repreendeu professores grevistas, é ex-assessor de imprensa de Mauro Rubem

O jornalista Claudio Curado, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Goiás, distribuiu nesta quarta-feira uma “nota de repúdio” condenando a hostilização de equipes jornalísticas que atuam na cobertura da greve municipal dos professores.

Segundo o jornal O Popular, que teria tido uma repórter como vítima, “supostos membros do comando de greve” – veja bem, leitor: “supostos membros do comando de greve” – teriam dirigido impropérios para a jornalista Malu Longo, no plenário ocupado da Câmara de Vereadores.

Cláudio Curado veio correndo com a sua “nota de repúdio”, sem sequer apurar os fatos. Mas… sabia, caríssimo leitor do blog 24 Horas, que ele, Cláudio Curado, já trabalhou como assessor de imprensa do deputado Mauro Rubem. O mesmo Mauro Rubem que foi vaiado pelos grevistas e expulso do plenário da Câmara pelos professores, quando tentava fazer média com a categoria.

E então, leitor? Queria o quê? Faça a ligação: Claudio Curado-Mauro Rubem-Sintego-Paulo Garcia-Partido dos Trabalhadores.

É tudo uma grande família.