Vereador Elias Vaz rebate Clécio Alves: “quebra de decoro é roubar”

(Texto publicado no site Goiás 247)

Tem mais polêmica na Câmara Municipal. O vereador Elias Vaz (PSB) dançou com os professores que ocupam o plenário da Casa em celebração ao Dia do Professor, no último dia 15, e a confraternização foi filmada e vídeo, lançado na internet. Elias encarou o episódio com naturalidade: “Apoio a luta dos professores, que é uma categoria pela qual tenho muito respeito. Havia um clima de alegria. Eles me chamaram para entrar na dança e eu fui”, disse ao jornal O Hoje (aqui).

Mas esse não é pensamento de Clécio Alves, presidente da Câmara. Ele classificou a dança como imoral e promete entrar com representação contra Elias no Conselho de Ética da Casa. “Para mim é uma situação lamentável, inadmissível, incompreensível e imoral. Brincadeira tem hora e limite”, afirmou ao Opção Online (aqui).

“Quebra de ética não é dançar. Quebra de ética é roubar. Não houve nenhum constrangimento. Dancei e dançaria de novo sem nenhum problema”, falou Elias ao Hoje.

Veja o vídeo aqui: