Com discurso mais light, Paulo Garcia recua e aceita alterações propostas pelos professores. Greve pode acabar neste final de semana

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, o prefeito Paulo Garcia assinou o documento protocolado pelo comando de greve que apresenta as mudanças no texto que a prefeitura havia enviado à categoria.

Paulo alegou que as alterações foram apenas semânticas e por isso ele assinou o documento. O texto já foi remetido para o comando de greve na Câmara Municipal e os professores pediram 24 horas para analisar o documento para então fazerem uma assembleia e aí decidirem se a greve acaba.