Santa Cruz, no DM: “Com a saída de Caiado da terceira via, o que já era pouco ficou menor ainda”

Em mais um artigo arrasa-quarteirão no Diário da Manhã, neste sábado, o jornalista Carlos Alberto Santa Cruz mostra que recarregou a sua metralhadora giratória e atira para todos os lados, disparando munição pesada contra o deputado federal Ronaldo Caiado, o empresário Vanderlan Cardoso e mais alguns ícones da oposição em Goiás.

Ele começa lembrando que o “durão” Caiado foi esculhambado pela “frágil” Marina Silva. “Caiado levou um coice e saiu catando cavacos”, diz Santa Cruz.

Chamando o líder ruralista de “símio da pedra lascada”, o jornalista afirma que ele não tem votos. Nem se permanecesse na terceira via, acrescenta, Caiado “salvaria a possível candidatura de Vanderlan Cardoso, pois, se houver apenas três candidatos, dentre eles o da terceira via, Vanderlan seria o quinto colocado”.

Com a saída de Caiado da terceira via, analisa, “o que já era pouco ficou menor ainda”.

Santa Cruz entende também que Caiado foi humilhado ao ser enxotado por Marina Silva. E tanto que ele “saiu desenxabido, sem rumo, desorientado, rejeitado, estropiado, rosnando votos que o agronegócio não tem”.

E ainda debocha: “Caiado disse que pode ser candidato a presidência da República. Derrota por derrota, antes perder para presidente”, ironiza.