Daniel Vilela trucida a Língua Portuguesa em artigo no jornal O Popular

Tentando firmar um perfil de oposição ao governo Marconi Perillo, o deputado estadual Daniel Vilela (PMDB) exagerou em artigo nesta terça-feira em O Popular e se revelou também um escritor de oposição à Língua Portuguesa.

Entre outros erros menores, um da maior gravidade: no penúltimo parágrafo do artigo, intitulado “Hora de Mudança”, Vilela trucida as regras de concordância verbal no seguinte trecho: “O governo de Goiás hoje é uma colcha de retalhos de tecidos que não se encaixam. Muitos dos auxiliares reportam mais aos grupos políticos que os indicou do que ao próprio governador e não demonstram comprometimento com as propostas de governo”.

Terrível. E logo na página de opinião mais nobre da imprensa goiana. O deputado deve ter faltado à aula no dia em que a professora deu a matéria.