Dona Iris anunciou meio mundo, mas não apareceu ninguém para prestigiar a inauguração da nova sede da Fundação Ulysses

Este aí é o convite a presidente estadual da Fundação Ulysses Guimarães, a deputada federal dona Iris Araújo, distribuiu para a “solenidade” de inauguração da nova sede da Fundação Ulysses Guimarães, em Goiás – fica na Rua R-9, nº 78, (quase esquina com Alameda das Rosas), Setor Oeste.

Olha bem a pretensão: dona Iris anuncia a presença o ex-governador Iris Rezende, o presidente nacional da Fundação Ulysses (o deputado federal Eliseu Padilha), “deputados federais e estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de diretórios e demais lideranças partidárias”.

Mas a “inauguração” foi uma roubada só. Parece, aliás, que compareceram apenas as “demais lideranças partidárias”.

Iris não deu as caras. Eliseu Padilha também não. Prefeitos, nenhum. Quem apareceu foi Júnior Friboi, que fez um discurso atrapalhado e acabou tirando o “brilho” do evento de dona Iris.

A única figura conhecida, fora dona Iris e Friboi, foi o deputado estadual licenciado Wagner Siqueira, o Vaguinho (aliás, com parte dos bens bloqueados pelo Superior Tribunal de Justiça, em razão de atos de improbidade praticados quando foi presidente da Comurg).

Dona Iris está na presidência da Fundação Ulysses há mais de cinco meses. Ela assumiu prometendo elaborar as propostas que o PMDB iria apresentar à população, para justificar o retorno do partido ao poder em 2014.

Até agora, nada.

 

LEIA MAIS:

Lênia sobre Friboi: “É um corneteiro inábil e cheio de impulsividade, um trapalhão no picadeiro”

Jornalista detona Júnior Friboi em artigo sobre as ações do megaempresário

Jornalista escreve em blog que “Friboi foi um convidado bem trapalhão” em evento organizado pela deputada Iris

 A crise não para! Wagner Guimarães sobre Friboi: “Não retiro uma só palavra das críticas que realizei”