Fim da lua de mel: PT abre confronto com PMDB de olho em 2014

Fim das aparências. O PT resolveu colocar as garras de fora e partir para o confronto com o PMDB de olho na cabeça da chapa que vai concorrer às sucessão estadual em 2014.

Petistas como o deputado Mauro Rubem falam escancaradamente que o candidato a governador tem de sair dos quadros do partido e defende abertamente o prefeito de Anápolis, Antônio Gomide, como a melhor alternativa.

Petistas mais radicais como Rubem entendem que chegou o momento de virar o jogo contra o PMDB, baseado no raciocínio de que o PT tem o governo federal e as duas principais prefeituras do Estado.

Falam também que Iris Rezende não ganha mais de Marconi Perillo e que o PMDB está decadente, desgastado e sem forças no Estado. O PMDB ensaia reação, mas até o momento o partido ainda não mostrou poder de fogo e está meio acuado.