Desfile do aniversário de Goiânia foi curto e marcado por protesto contra Paulo Garcia

Em Cidades, O Popular relata que o desfile cívico militar em homenagem aos 80 anos de Goiânia foi curto e marcado por protestos. A presença de diversas autoridades no palanque, montado na esquina com a Avenida Benjamin Constant, atraiu professores da rede pública municipal de ensino que, apoiados por um grupo denominado de Frente Independente Popular (FIP), gritavam frases de cobrança destinadas ao prefeito Paulo Garcia (PT), que não ficou até o final do desfile.

Texto informa que durante o desfile das bandas marciais das escolas estaduais da capital, após a passagem das tropas militares, cerca de 100 professores e manifestantes conseguiram driblar o cerco policial e desfilaram na avenida com seus cartazes, aplaudidos por muitos populares.