Veja entrevista de Vanderlan, né…, à TV UNIKA, né…, de Águas Lindas, né…, com um português calamitoso e cheia de cacos

A TV UNIKA, que transmite pela internet a partir de Águas Lindas, publica em seu site uma entrevista com o empresário Vanderlan Cardoso, gravada no dia 18 de outubro último, quando o milionário esteve visitando aquela cidade.

É uma boa oportunidade para conferir as dificuldades que Vanderlan tem para se expressar com clareza e em bom português, rivalizando-se com o também milionário Júnior Friboi.

Parece até que, sem colocar repetidamente um “né…” a cada frase, ele não conseguiria se exprimir. O caco é usado compulsivamente por Vanderlan. A concordância verbal também é espancada pelo pré-candidato socialista, em frases do tipo “temos aí os minérios que é produzidos em Goiás” ou então “os minérios que é produzidos aqui e volta pra Goiás em forma de celular, de eletrônico”.

Vanderlan conta que, como prefeito de Senador Canedo, procurava ouvir a comunidade: “Como é que ceis qué que resolve isso aqui?”, perguntava.

Em um ambiente escuro, Vanderlan segue gaguejando e massacrando a Língua Pátria: “Nós temos de sair na frente disso aí, trazer pro Estado aí, nós podemos dá aí 98% de isenção de impostos”. E conclui o raciocínio: “Isso daí, né…”.