Iris gasta 4.540 palavras e Vanderlan 3.150 em entrevistas, neste fim de semana, mas nenhuma é dedicada a propostas para Goiás

Em entrevistas, cada uma com duas páginas, Iris Rezende e Vanderlan Cardoso são o destaque neste domingo e segunda-feira na imprensa de Goiás.

Iris falou ao Diário da Manhã e gastou exatamente 4.540 palavras respondendo às perguntas da equipe de redação do jornal. Nenhuma dessas palavras foi dedicada a propostas ou ideias para Goiás.

O velho cacique peemedebista é o pré-candidato provável do PMDB a governador, nas eleições de 2014. Está em segundo lugar nas pesquisas, atrás do governador Marconi Perillo.

Já Vanderlan deu entrevista à Tribuna do Planalto e consumiu 3.150 palavras fazendo críticas, tecendo auto elogios e contando lorotas sobre o fortalecimento do seu partido, o PSB. Mas, a propósito de ideias ou propostas para Goiás, fez economia, ou seja, não “desperdiçou” nem uma única frase com o assunto.

São tantas palavras que dá pra encher quase que um capítulo da gloriosa enciclopédia Barsa. Alguém aí lembra dela?

O empresário é pré-candidato do PSB a governador e está em terceiro lugar nas pesquisas, bem atrás de Iris e Marconi.