Continua o desgoverno em Goiânia. Agora são os enfermeiros que estão em greve. Acorda, Paulo Garcia!

Veja matéria do site do jornal O Popular:

 Saúde

Enfermeiros paralisam atividades em Goiânia

Redação 04 de novembro de 2013 (segunda-feira)

Somente os profissionais que atuam na emergência e nas salas de reanimação estão trabalhando

Aproximadamente 20 pessoas realizaram, na manhã desta segunda-feira (4), uma manifestação no Centro de Assistência Integral a Saúde (Cais) da Chácara do Governador, em Goiânia.

Segundo o presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Goiás, Tom Moreira, a categoria reivindica a equiparação de gratificações, a valorização dos profissionais, segurança nas unidades e jornada de trabalho de 20 horas.

De acordo com o presidente, na semana passada houve uma assembleia e ficou definido que a categoria iria paralisar suas atividades, por tempo indeterminado, caso suas reivindicações não fossem atendidas. Tom contou também que, até o momento, não houve nenhum contato oficial e que uma possível negociação só ocorrerá se for documentada.

Devido à paralisação somente os profissionais que atuam na emergência e salas de reanimação estão trabalhando. Na próxima quinta-feira (7), está marcado um ato da categoria na Praça Cívica.