Reunião de faz-de-conta: decisão de presidentes de partidos da oposição precisa do sinal verde do cacique Iris

Olha que coisa incrível noticia a coluna Giro desta terça-feira.

“A aliança liderada pelo PMDB e PT poderá definir em março sua chapa ao governo de Goiás. A conclusão foi o principal resultado da longa reunião ontem entre os presidentes estaduais do PMDB, PT, PCdoB, PTN, PRTB, PPL e Pros. Mas esta definição, segundo os participantes, passará pela decisão do ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) sobre 2014. ‘Vamos apresentar na próxima reunião (dia 18) os critérios para a formação da chapa. Existem três nomes para governador nesta aliança: Iris e José Batista Júnior, do PMDB, e o prefeito Antônio Gomide (PT). O objetivo é escolher o melhor e manter a unidade’, diz o deputado Francisco Gedda (PTN).”

Quer dizer quer a reunião foi de faz-de-conta e quem vai decidir será o Iris Rezende mesmo?

E a gente pensava que coronelismo era coisa do passado.