15 razões porque dona Iris ficou no baixo clero e não entrou na lista dos 100 mais influentes da Congresso

O blog Goiás 24Horas ouviu jornalistas que atuam na cobertura do Congresso Nacional para saber as razões porque dona Iris está no baixo clero da Casa e não entrou na lista dos 100 parlamentares mais influentes, publicada pelo DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Sindical.

O ranking do DIAP é considerado como o melhor de Brasília.

Veja porque a deputada dona Iris Araújo, que está no seu segundo mandato federal, pelo PMDB, ficou fora da lista:

1. Não apresentou nenhum projeto de importância ou relevância;

2. Não fez discursos sobre assuntos importantes;

3. Sua principal ação é um programa de culinária na TV;

4. Não participa dos debates importantes do Congresso;

5. É omissa, apagada e ausente;

6. É suspeita de fazer gastos ilegais com a verba indenizatória;

7. É arrogante e cheia de empáfia;

8. Leva as discussões paroquiais do Estado para a tribuna do Congresso;

9. Vive postando baixarias e futilidades nas redes sociais;

10. Excesso de licenças médicas para se submeter a cirurgias plásticas;

11. Não é especialista em nenhum assunto;

12. Não se destaca na defesa da mulher ou de Goiás;

13. Não consegue verbas para o Estado;

14. Não tem atuação nas comissões temáticas

15. É uma ilustre desconhecida no plenário e nos corredores da Câmara.