Despesas da prefeitura de Goiânia vão aumentar 34% em 2014. Quem vai pagar a conta do desgoverno de Paulo Garcia é o contribuinte, com um salgado aumento do IPTU

O desgoverno de Paulo Garcia na Prefeitura de Goiânia vai estourar no colo do contribuinte goianiense, que já paga uma carga excessiva de impostos.

A Lei Orçamentária Anual (Loa) de Goiânia para o exercício de 2014 prevê 4,7 bilhões, um aumento de 34% em relação ao orçamento deste ano. A principal causa é a elevação no gasto com pessoal, cujo comprometimento do orçamento está previsto em 47%, cerca de R$ 2.175 bilhões.

Mas o prefeito petista já sabe como resolver o problema. Vai apresentar a salgada conta ao contribuinte, com um extorsivo reajuste do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU).

Ou seja: Paulo Garcia apronta e nós, contribuintes, pagamos a conta.