Vida boa: verba indenizatória dos 41 deputados estaduais vai subir para R$ 26 mil

Acompanhando a Câmara Federal, a Assembleia Legislativa deve reajustar nos próximos dias de R$ 21 para R$ 26 mil a verba indenizatória que os deputados estaduais recebem todo mês para custear despesas com o exercício do mandato parlamentar.

Batizada na Câmara dos Deputados de “cotão”, a verba indenizatória dos deputados federais terá aumento substancial a partir deste mês de março. O aumento será acompanhado pela Assembleia goiana, que alega caber aos deputados estaduais 75% de tudo o que os seus colegas federais recebem.

Uma das maiores aberrações, entre as muitas que proliferam no Legislativo brasileiro, a verba indenizatória é paga aos parlamentares goianos mediante prestação de contas sem a menor transparência.

O site da Assembleia, mensalmente, publica apenas um relação de despesas, sem recibos, notas fiscais ou qualquer outro tipo de comprovante.

O jornal O Popular noticiou, nesta sexta-feira, que a verba indenizatória foi paga aos deputados nos meses de janeiro de fevereiro, apesar de se tratar de período quase integral de recesso parlamentar (a Assembleia ficou fechada de 1º de janeiro a 15 de fevereiro).

Custeado pelos cofres públicos estaduais, o valor ultrapassa R$ 1,6 milhão.