Djalma atropela Agenor Mariano e se lança candidato a prefeito de Goiânia em 2016

O vice-prefeito Agenor Mariano e o PMDB que se preparem. Assim como deve ocorrer em 2014, o PT pode romper o contrato verbal e não retribuir o apoio de 2012 nas próximas eleições para prefeito de Goiânia.

Em entrevista publicada hoje no Diário da Manhã, Djalma afirma que vai oferecer o seu nome para disputar a prefeitura pelo PT. A sua indicação terá de ser submetida ao escrutínio dos colegas de partido.

Fato é que, até aqui, ninguém duvidava que seria Agenor o próximo candidato da coligação, em respeito ao revezamento que PT e PMDB vêm realizando no encabeçamento de chapa majoritária na Capital.

Mais um capítulo da crise entre os dois partidos.