Rádio 730 sugere que prefeito Paulo Garcia crie o ‘Dia da Poluição’ em Goiânia

A Rádio 730 publicou texto em seu site criticando a omissão do prefeito Paulo Garcia (PT). Longe da Capital – primeiro para participar de um evento (?) no Panamá, depois para curtir férias mesmo em Miami – o petista está alheio aos problemas que afligem os moradores de Goiânia.

O texto sugere até que Paulo crie e a prefeitura criem o “Dia da Poluição”, uma ironia ao Dia Mundial da Água comemorado na semana passada.

“No Dia da Água, a Prefeitura de Goiânia comemora com as mãos molhadas. A cidade está acabando. O fato é comum para o prefeito, que emenda viagem internacional com excursão ao exterior. Enquanto Paulo Garcia foge dos problemas, a população enfrenta com a pele os efeitos da má administração”, diz o texto da rádio.

A popularidade do prefeito também é criticada. “Para a maioria que não sabe de quem se trata, Paulo Garcia é o prefeito de Goiânia reeleito em primeiro, turno no ano passado. Reeleito é força de expressão, por que herdou o mandato do prefeito Iris Rezende”.

A crônica ainda relembra as gostosuras que o prefeito deve ter passado sob o sol da Flórida. “Enquanto a numerosa comitiva do prefeito curte as delícias de Miami, Goiânia esperou o Dia da Água sem nada para comemorar”.

O texto também menciona a falta de respeito ao meio ambiente e a mentira da ‘cidade sustentável’ – principal slogan de campanha de Paulo Garcia.

O editorial fala ainda de prédios em nascentes, construção de shopping ao lado de córregos e falcatruas na Agência de Meio Ambiente (AMMA). “Paulo Garcia viaja e deixa a companheirada dando jeitinho com as mãos úmidas”, diz.