Delegado polêmico diz que Paulo pode ser indiciado pela morte por falta de UTI

O polêmico delegado Waldir Soares disse durante entrevista ao Jornal do Meio Dia, da TV Serra Dourada, que o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), pode ser indiciado pela morte de uma senhora por falta de UTI.

Ela estava num Cais em Goiânia e há três dias aguardava vaga numa unidade de terapia intensiva. No entanto, ela não resistiu e morreu em decorrência de complicações cardíacas.

Na entrevista, o delegado foi indagado pelo jornalista e apresentador Jordevá Rosa qual o procedimento que a família da senhora deveria tomar.

Waldir orientou: procurem uma delegacia e registrem a ocorrência. Segundo ele, a Constituição Federal garante o direito à saúde e à vida. “O secretário da Saúde e o prefeito podem ser indiciados por esta morte”, afirmou.