Daniel, Vitti e Talles: os três deputados que mais gastam com “consultorias”

O jornal Diário da Manhã revela, nesta segunda-feira, que os deputados estaduais Daniel Vilela (PMDB), José Vitti (DEM) e Talles Barreto (PTB) são os parlamentares que mais gastaram recursos da verba indenizatória em janeiro e fevereiro (aliás, período em que houve 45 dias de recesso da Assembleia) com o pagamento de “consultorias, pesquisas e estudos técnicos”.

Daniel Vilela, em janeiro, investiu R$ 16,100,07 em “consultorias e trabalhos técnicos”. Em fevereiro, repetiu o mesmo valor, até no detalhe dos R$ 0,7 centavos. José Vitti, em janeiro, consumiu R$ 15.000,00 com “consultorias”, caiu a zero no mês seguinte e mesmo assim foi um dos que mais gastou. Talles Barreto, com “consultorias, trabalhos técnicos e pesquisas socioeconômicas”, torrou R$ 12,5 mil.

Ainda segundo o DM, em janeiro, como se sabe mês de recesso parlamentar, 25 deputados estaduais consumiram R$ 160 mil reais com “consultorias, pesquisas e estudos técnicos”.