Transferência da Celg para Eletrobras virou “lengalenga”, diz artigo de Henrique Duarte

A anunciada federalização da Celg – ou seja, a transferência do controle acionário da companhia para a Eletrobras – não se concretizou até hoje e acabou se transformando em “lengalenga” que está prejudicando os consumidores goianos.

A afirmação é do jornalista Henrique Duarte, que assina artigo nesta segunda-feira na página de opinião do jornal O Popular.

O texto, longo, culpa o Governo Federal pela paralisia da Celg, que continua sem fazer os investimentos necessários para garantir uma infraestrutura de energia suficiente para Goiás.

“Até agora, nem fracos sinais de recuperação foram emitidos”, observa Henrique Duarte.

Em sua opinião, o governo do Estado fez a parte que lhe cabia para salvar a Celg. Aguarda-se agora a ação do Governo Federal.