Pulcineli também condena homenagem de Mauro Rubem a mensaleiro

No tradicional artigo que assina toda segunda-feira em O Popular, a jornalista Fabiana Pulcineli condena esta semana o gesto do deputado Mauro Rubem (PT), que pediu salva de palmas para o mensaleiro Delúbio Soares durante discurso na sessão solene da Assembleia que homenageou os 33 anos do Partido dos Trabalhadores.

Veja a nota de Fabiana sobre o assunto:

“EXALTAÇÃO DO ERRO
Por falar em sistema político-eleitoral, era justamente por mudanças aí que o PT deveria se mobilizar. Em vez de reconhecer seus erros, transformá-los em argumentos para brigar por uma reforma política, voltando às históricas bandeiras do partido, os petistas insistem em colocar seus condenados como vítimas, num discurso ultrapassado, que já não cola mais.

A reflexão dos 33 anos do PT deveria ser de resgate. Não de oba-oba para seus mensaleiros. Pena que percam essa oportunidade. E pena que até deputados que foram críticos no início do escândalo do mensalão, como Mauro Rubem, agora reforcem esse discurso.”