Agenor Mariano assume que prefeitura não teve crescimento da receita e gastou demais com pessoal

O vice-prefeito Agenor Mariano é quem responde a perguntinha da coluna Giro nesta sexta-feira.

Veja o que ele disse ao jornalista Jarbas Rodrigues:

A Prefeitura de Goiânia encerrará o ano com muitas críticas. O que acontece?

Tivemos neste ano expressivo aumento da demanda da população por mais serviços e obras, que implicam em maiores gastos, inclusive com pessoal, o que não foi acompanhado pelo crescimento das receitas. O volume de chuvas deste mês está bem acima do normal e isto representa gastos não esperados. Não é uma equação fiscal fácil de fechar para nenhuma gestão municipal do País.