Viu essa, Maguito? Paciente manda médico de Aparecida vestir jaleco para atendê-la

Reportagem publicada neste domingo pelo jornal O Popular relata uma situação bastante comum nos Cais e postos de saúde de Aparecida: bate-boca entre médico e pacientes.

Desta vez, o repórter Galtiery Rodrigues presenciou um momento de irritação de pacientes que esquentavam cadeira enquanto o médico responsável pelo atendimento no Cais Jardim Nova Era batia papo pelos corredores e mexia no celular.

“A mulher perguntou ao médico porque ele não estava atendendo, se tinha vários pacientes o esperando. Ele pediu que ela se sentasse e o aguardasse como os demais. O clima esquentou e ela retrucou falando para ele criar vergonha e que lá não era lugar nem momento para “namorar” pelo celular”, conta a reportagem.

“De repente, no pronto-socorro, só se ouvia a voz dos dois. Alterada e nervosa, a mulher voltou a se sentar e o médico só retornou ao consultório 15 minutos depois. Ele chamou um por um dos pacientes e, na vez dela, ao fim da consulta, ela parou na porta e disse para que ele colocasse pelo menos um jaleco para atender as pessoas”.