Marconi volta a criticar a oposição: “Não tem propostas, é movida pelo rancor pessoal e não entende Goiás”

O governador Marconi Perillo (PSDB) voltou a criticar o comportamento da oposição em Goiás, em discurso durante a reunião do secretariado no dia 1º de janeiro, no auditório do Centro Administrativo.

Segundo o jornal O Popular, Marconi afirmou que os líderes oposicionistas “fazem discursos vazios, confusos, sem conteúdo, sem entender nada daquilo que estão falando, desconectados com a realidade, sem propostas e fortemente embalados pelo rancor e por grande e irracional radicalismo”.

Nenhum nome foi citado.

Em uma alfinetada sobre a desunião do campo oposicionista em Goiás, hoje dividido entre pelo menos quatro candidaturas (Iris Rezende e Júnior Friboi pelo PMDB, Antonio Gomide pelo PT e Vanderlan Cardoso pelo PSB), o governador lembrou que “eles praticam um discurso que não constrói, que não edifica. Nós vamos continuar trabalhando sem preocupação com aqueles que não querem nosso sucesso. Vamos tocar nosso barco, que tem rumo e tem líder”.

Finalmente, o governador lamentou a excessiva politização do debate sobre o futuro de Goiás. “Governar não é uma tarefa para amador. E gestão política não é lidar só com partidos, mas com entidades, com a sociedade”, arrematou.