No Hoje: economia de Goiás ajudou Brasil a não ter índices tão fracos. E a oposição critica

Em Economia, O Hoje informa que Em 2013, a economia goiana passou por altos e baixos, refletiu alguns resultados negativos que ocorreram em âmbito nacional, mas também contribuiu positivamente para que o País não tivesse índice tão fracos, como foi no caso dos empregos.

Reportagem acrescenta, no mesmo texto, que em Goiás não houve resultado negativo em nenhum setor, considerando-se comércio e serviços, indústria e agropecuária. A produção industrial, considerando o período de janeiro a outubro de 2013, cresceu 4,3%; na agropecuária, houve crescimento de área plantada de 4,8% e aumento no valor bruto da produção de 4,98%, que significou R$ 31,6 bilhões. O comércio tinha a expectativa de fechar o ano com um crescimento de 5% em relação às vendas de 2012, mas, após o Natal de vendas fracas, os cálculos foram refeitos e não se espera mais do 4%.