Depois de três anos, Marina Sant’Anna deixa Câmara sem ter feito nada de relevante

A passagem de Marina Sant’Anna pela Câmara dos Deputados foi pobreza monumental.

Ela assumiu a vaga de Thiago Peixoto, que foi para a Secretaria de Educação do Estado, desde o primeiro dia do mandato.

Apesar de ficar este tempão todo no Congresso Nacional, não há notícia de uma ação relevante da petista durante este período.

Ela mesmo não consegue fazer um balanço consistente, como aconteceu em entrevista ao jornal Tribuna do Planalto, desta semana.

Ela enrolou, enrolou e não listou nada quando perguntada sobre o assunto.

Ou seja: o dinheiro do contribuinte foi desperdiçado com uma parlamentar inoperante.