Entre os projetos importantes da Câmara neste ano, nenhum teve participação da deputada Iris. Ela continua devendo ao eleitor

Os 195 mil eleitores que votaram em dona Iris Araújo para deputada federal na última eleição queriam uma parlamentar atuante, com, muitos projetos na Câmara e uma participação ativa nos debates nacionais ou a escolheram para que ficassem o tempo todo nas redes sociais comandando uma tropa de ataque rasteiros ao governo do Estado.

Enfim, um parlamentar destacada ou a rainha da baixaria?

Pois dona Iris escolheu o caminho mais fácil e desmoralizante para uma parlamentar e transformou o combate rasteiro sua forma de atuação política.

Por isso, não conseguiu sair do baixo clero e, pasmem, em três anos de Congresso Nacional, passou mais 365 sem participar do debate de nenhuma iniciativa importante no Legislativo.

Saiu e entrou com saldo zero de 2013.

Um vexame.