Paulo Garcia não sumiu só do Twitter. Até aos eventos da própria Prefeitura ele não vai mais, informa coluna Giro

Em 2013, o prefeito Paulo Garcia (PT) desapareceu das redes sociais, onde mantinha uma animada conta no Twitter e chegava a se vangloriar de “administrar” a Prefeitura pela internet.

De repente, Paulo sumiu. Sua conta está desativada desde 18 de junho, quando ele postou uma mensagem como sempre reclamando, no caso de suspeitsa lançadas contra ele (“me perdoe, vc pode ver defeitos em mim . Mas corrupção não faz parte da minha vida . Tenho nome , caráter e família a zelar , desculpe”) .

Mas não é só nas redes sociais que o prefeito tomou chá de sumiço. Neste domingo, o colunista Jarbas Rodrigues, do Giro, em O Popular, informa que “a principal queixa de auxiliares do prefeito Paulo Garcia (PT) é que o petista não tem sido presente em solenidades e eventos da própria Prefeitura, passando má impressão para a equipe”.

Isso mesmo: Paulo Garcia, vivendo uma interminável fase de más notícias como resultado de uma gestão desastrosa na Prefeitura de Goiânia, não está comparecendo aos próprios eventos do Paço Municipal. E a equipe se mostra desestimulada pela ausência do chefe maior, conforme a nota do Giro.

Some não, prefeito…