Para ser ministro de Dilma, Mabel topa até mesmo deixar de ser candidato à reeleição

A informação é do jornalista Gerson Camaroti, da Gllobo News:

O martelo foi batido hoje, num almoço entre o vice-presidente Michel Temer, e o líder da bancada, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Temer já solicitou uma agenda com a presidente Dilma e aguarda ser chamado nos próximos dias para levar a solicitação da bancada.

Além do ministro da Agricultura, Antônio Andrade, que é parlamentar por Minas Gerais, a bancada vai apresentar os nomes dos deputados Sandro Mabel (PMDB-GO), Eliseu Padilha (PMDB-RS) e Leonardo Quintão. Os quatro estão dispostos a abrir mão de disputar à reeleição. Mas o partido quer o compromisso de Dilma que os escolhidos serão mantidos num eventual segundo governo.