2013, o ano da segurança: governo muda forma de combater homicídios em Goiás

Veja matéria do site Notícias de Goiás:

Governo muda forma de combater homicídios

Governador Marconi Perillo elegeu a Segurança Pública como prioridade em seu último ano de governo

Prestes a disputar a reeleição, o governador Marconi Perillo traçou como prioridade a Segurança Pública, uma das principais preocupações da população. PAra alcançar essa meta, ele tem cobrado a redução de índices de criminalidade em Goiás. Essa semana, logo após o anúncio de que o secretário Joaquim Mesquita permaneceria no cargo, as peças começaram a se mexer no sentido de garantir a reeleição de Perillo ao governo goiano.

Os dirigentes das Polícias Civil e Militar se reuniram com os delegados e com os comandantes de unidade para garantir a eficácia de operações policiais que visem o combate, principalmente aos crimes de homicídio e de furto e roubo de veículos. Somente no ano passado, na capital, foram contabilizados 621 homicídios, sendo 65 somente no mês de dezembro, contando os cinco confrontos com policiais que resultaram na morte de seus algozes. Nunca havia se matado tantas pessoas em um mês e consequentemente em um ano.

Paralelamente ao crescimento no número de homicídios em Goiás, houve também o registro de pelo menos um carro furtado ou roubado por dia hora em Goiás. Os veículos, segundo a polícia, são trocados por drogas em países do Mercosul. Várias operações foram deflagradas pelas duas polícias, mas a mudança na forma de agir se deu pelo combate ao pequeno traficante, responsável, segundo a Delegacia de Homicídios, mais mais de 80% dos assassinatos ocorridos apenas em Goiânia.