Telho denuncia prefeitura por fazer jogo de “construtoras ávidas de lucro em grave e irreversível prejuízo à cidade”

A coluna Direito e Justiça, publicada nesta quarta-feira em O Popular, informa que o procurador Hélio Têlho Corrêa alerta para a modificação das leis municipais de modo a permitir a construção das numerosas e gigantescas ‘torres’ em Goiânia

“É uma exigência das construtoras que estão ávidas de lucro gigantesco, grave e irreversível, em prejuízo para a cidade”, diz Hélio Telho.

O Popular mostrou, na edição de segunda-feira, que a Prefeitura de Goiânia colocará à venda três lotes que somam 60,6 mil metros quadrados no Park Lozandes.