Absurdo: Clécio Alves defende barganha de cargos para Paulo Garcia ter maioria na Câmara. Fisiologismo pouco é bobagem

Quanto se imagina que não pode ficar pior, o presidente da Câmara de Goiânia, vereador Clécio Alves, surpreende com seu excesso de fisiologismo.

Agora, em entrevista ao jornal O Popular, “Clécio Alves (PMDB) defende as negociações feitas pela Prefeitura. “Todos os governos fazem isso (ofertar cargos). Se não for assim não conseguem governar”, alega.”

Tem base?