PT ultrapassa PMDB em conflitos internos: panela de pressão petista pode estourar a qualquer momento

O recente arranca-rabo entre Paulo Garcia (PT) e Antônio Gomide (PT) colocou o PT em igualdade e até em um ambiente mais nervoso do que o próprio PMDB coma s histrionices de Iris de Araújo e política-ostentação de Júnior Friboi. Diga-se, no PMDB as alfinetadas são metafóticas, conotativas, mais literárias. Quer dizer, fazem no limite disso, para o Friboi entender.

O bate boca entre Gomide e Paulo, não. É caso de Polícia mesmo. Pois parece que ofende a honra .

Aliás, o Código Penal tutela a honra. Pois bem, dizer que um ‘companheiro’ estaria sendo leviano afeta a reputação, difama, injuria. Ou seja, um dos petistas imputou imprudência e falta de seriedade ao outro. Pegou mal.

Soou pior do que as manifestações malucas de Júnior Friboi dentro do PMDB, quando diz que pode tudo dentro da legenda e de que “Ele” será candidato.