Paulo Garcia reconhece que sua relação com Marconi é “madura e republicana”. Mas admite que não “pede” nada para Goiânia

O prefeito Paulo Garcia (PT) não faz ataques ao Governo do Estado em sua entrevista a O Popular, neste domingo.

Surpreendentemente, o prefeito elogia o governador, com quem diz manter uma relação “madura e republicana”, ressaltando que “nunca tivemos ataques do ponto de vista pessoal”.

Perguntado pelos entrevistadores se ele tem encaminhado demandas ao Governo do Estado, Paulo respondeu que “não”. E emendou: “Pedir, não”.

Ora, se o prefeito não “pede”, como é que o governador vai saber o que ele eventualmente poderia estar precisando?

Os entrevistadores lembraram que Anápolis e Aparecida, também governadas por partidos de oposição, têm recebido muitas obras e projetos do Governo. Paulo Garcia não deu sequência ao assunto, dizendo que não tinha informações sobre isso e que “esta não é uma das minhas preocupações no momento”.