Nesta segunda, a aula de Fabiana Pulcineli é pra oposição: “Plano de Governo tem de começar a ser debatido antes da campanha”

No seu artigo das segundas-feiras, em O Popular, a repórter Fabiana Pulcineli direciona a sua tradicional aula semanal de política aos membros da oposição em Goiás.

Fabiana puxa a orelha dos oposicionistas pela absoluta ausência de propostas, especialmente quando estamos a pouco mais de cinco meses do início da campanha eleitoral.

Ensina a mestra:

“Quando se fala em apresentar projeto não é exigir que os partidos ou as lideranças apareçam com um Plano de Governo pronto a essa altura. Mas que se posicionem sobre os assuntos do governo, sobre os problemas do Estado, as possíveis soluções, que façam cobranças e propostas. É um erro deixar esse debate apenas para os meses de campanha”.

Na mosca.

Isso tanto é verdade que o atual prefeito de Aparecida, Maguito Vilela, quando foi candidato a governador da oposição em 2002 e em 2006, em ambas as vezes derrotado, apresentou seu conjunto de propostas bem antes do início da campanha.

Fabiana está certa. Cadê as propostas, pessoal?