Além de Reinaldo Barreto, outros auxiliares de Paulo Garcia estão na corda bamba da reforma da equipe

Além de Reinaldo Barreto, outros auxiliares de Paulo Garcia estão na corda bamba da reforma por falta de um bom desempenho nas pastas que coordenam.

São ocupantes do primeiro e segundo escalões que não serão candidatos em outubro deste ano mas deixam a desejar.

Um deles é o controlador Geral do Município, advogado Edilberto Dias, que pode ser defenestrado na mexida do petista.

Edilberto não goza da simpatia do marqueteiro Renato Monteiro, guru do prefeito.

E até já ganhou puxão de orelha do publicitário por “querer aparecer mais que Paulo Garcia”, em função de uma longa entrevista concedida ao Jornal Opção.