Ideia de Sandro Mabel: massagista que impediu gol contra a Aparecidense quer ser deputado

O massagista Esquerdinha protagonizou um dos momentos mais inusitados do esporte brasileiro em 2013.

Graças à sua intervenção desesperada, a Aparecidense não levou o gol que a eliminaria da briga pelo acesso à série C do Campeonato Brasileiro, no confronto contra o time do Tupi (MG).

Esquerdinha entrou em campo, tirou a bola debaixo da trave e bateu em retirada para o vestiário, antes que fosse linchado pelos jogadores mineiros.

O esforço foi infrutífero. A Aparecidense foi eliminada