Vereador Paulo Magalhães quer acabar com eterna farra dos gazeteiros na Câmara

O vereador Paulo Magalhães comprou briga grande na Câmara Municipal e o Goiás24horas aposta (infelizmente) que ele vai perder a parada. Projeto apresentado por ele obriga parlamentar a registrar a presença três vezes no plenário, por meio de controle biométrico. Alguém acredita que os colegas vão aprovar a proposta?

A medida poderia evitar que se repita o que ocorreu no ano passado: 42 sessões deixaram de ser realizadas por falta de quórum. Segundo Paulo, “tem vários vereadores que dão uma passadinha no plenário, registram a presença e vão embora”.

Segundo reportagem da Rádio 730, as faltas excessivas dos vereadores no plenário da Câmara Municipal de Goiânia em 2012 fizeram com que 2.460 projetos de lei, que beneficiariam a população, não fossem votados.

Das 42 sessões que não aconteceram por falta de quórum, em 16 delas os parlamentares nem sequer apareceram no plenário.

Atualmente, os vereadores registram a presença somente no início da sessão.