Blogueira cobra explicações sobre disposição fantasma do pai de Samuel Belchior

Lênia Soares, jornalista militante que teve um estalo de Vieira e passou a escrever textos redacionalmente bem estruturados e com português correto no site diariodegoias.com.br, cobra explicações do deputado estadual Samuel Belchior (PMDB), presidente do diretório regional do partido, sobre a omissão em votações importantes para a oposição na Assembleia e também sobre a fantasmagoria funcional do pai de Samuel, o médico Lauro Belchior, funcionário da Secretaria da Saúde que foi colocada à disposição do Poder Legislativo.

Há suspeitas de que o Dr. Lauro Belchior não cumpre nenhum tipo de jornada de trabalho na Assembleia.

Lênia, auto-intitulada a Yoani Sánchez do Cerrado, sempre foi muito dura com o governador Marconi Perillo e com os políticos da base aliada, mas agora resolveu endurecer com os oposicionistas.

Ela afirma que em Goiás “falta oposição”. E pontifica: “Em todas as esferas da gestão pública (em Goiás) só se vê situação. Lamentavelmente, o que temos pra hoje é pura negociação. Barganha.”