O recado de Mauro Rubem ao dizer que pular a cerca é natural: dane-se a ética

Dane-se a ética é o que disse o deputado petista Mauro Rubem ao admitir que pular a cerca é uma situação normal na política. O petista defendeu que palavra, compromisso e respeito e princípios não devem ser seguidos.

Ou seja: dependendo da conveniência, o político pode pular a cerca, mudar de convicção, trocar de posicionamento, fazer o”diabo”, como disse a presidente Dilma.

Enfim, os meios justificam os fins.

Para quem acreditava em Mauro Rubem, uma enorme decepção.