Aproximação de Eduardo Campos com PDT enfraquece candidatura de Vanderlan

Fato: líderes nacionais do PDT e PSB estão criando um grupo que deve caminhar junto em 2014 – inclusive nos palanques regionais.

A articulação desenvolvida em Brasília terá desdobramentos em Goiás. Isso porque o PSB goiano está muito próximo do eixo formado por PMDB-PT. O PMDB inclusive já ofereceu a vaga de candidato a senador ao PSB.

Com isso, o PDT naturalmente caminhará com os peemedebistas também.

Quem perde com isso é Vanderlan Cardoso. Vanderlan, que vai se filiar em abril ao PSC, contava com apoio do PDT e até do PSB. Dançou.