Iris impediu Mauro Borges de ser escolhido governador de Brasília por Sarney

Político poderoso na chamada Nova República, no governo José Sarney, o então ministro da Agricultura Iris Rezende vetou a nomeação do senador Mauro Borges para se governador de Brasília. O presidente Sarney estava decidido a nomear o filho de Pedro Ludovico para o cargo, mas Iris conspirou contra e jogou toda a sua força para impedir a ascensão de Mauro.

Iris temia que Mauro pudesse se fortalecer o cenário regional se tornando uma ameaça aos seus planos de ser o grande coronel político do Estado.

Essa foi apenas uma das muitas ações do irismo para detonar Mauro.