Onda de violência em Goiânia registra cinco assassinatos e cinco tentativas na quarta-feira

Veja matéria do portal 730:

Em Goiânia e região Metropolitana, a quarta-feira (27), de santa, teve apenas o nome. O dia foi marcado pela violência. A Polícia Militar registrou cinco assassinatos e outras cinco tentativas de homicídio.

No Setor Eldorado Oeste, em Goiânia, Jhonatan Santana Dourado, 39, e José Antônio Moreira da Silva, 26, foram assassinados em uma rua do bairro. O primeiro foi atingido por sete tiros, enquanto o outro recebeu cinco. A motivação e a autoria são desconhecidas.

Edney de Lima Venâncio, 39, foi encontrado morto na Marginal Botafogo, no Setor Pedro Ludovico. Ele foi atingido por três disparos de arma de fogo. A Polícia ainda não tem pistas do autor.

Francisco Asinair Souza, 41, foi encontrado morto pela esposa, na Avenida Flamboyant, no Setor Morumbi, em Senador Canedo.  Ela contou à polícia, que o marido sempre a buscava no ponto de ônibus, mas como quando chegou, ele não estava lá, foi embora sozinha e se deparou com o homem morto no caminho. A vítima foi morta com um tiro na boca.

Três tiros tiraram a vida de Francis Júnior Gonçalves, 22. O rapaz foi encontrado morto no Jardim dos Ipês, em Aparecida de Goiânia.

Tentativas
De acordo com testemunhas, dois indivíduos em um Vectra preto, atiraram contra Breno Lopes Brandão, 19, e Michael Yuri Gonzaga Meneses, 25. O primeiro foi atingido nas costas e no ombro e o outro na perna direita. O atentado aconteceu no Recanto das Minas Gerais, na região Leste de Goiânia.

O casal Carlos Antônio dos Santos Gomes, 34, e Vanessa Mineide Peres da Silva, 29, foram atingidos por tiros no abdômen e nas costas, respectivamente. Segundo informações de testemunhas, o autor seria um traficante da região, chamado Pedro Henrique. O autor fugiu do local em uma bicicleta.

Sueli Lopes de Souza, 21, foi atingida por tiros na Avenida Anhanguera, na Vila Bandeirantes. De acordo com a polícia, um indivíduo em um carro vermelho teria efetuado os disparos. A mulher foi encaminhada ao HUGO em estado grave.