Jornalista compartilha críticas à situação de estradas no seu perfil e Jayme Rincon reage

A população do Estado utiliza as redes sociais para reclamar dos buracos nas estradas goianas. O jornalista Euler Belém, editor do jornal Opção, compartilhou no seu perfil uma das várias críticas postadas diariamente. Euler transcreveu a reclamação de José Fernandes, que se irritou com o estado de conservação da rodovia que liga Goiânia ao município de Nova Veneza – pela qual ele passa diariamente.

“Estou revoltado”, escreveu José Fernandes no seu perfil pessoal. “Liguei na Agetop para reclamar dos buracos na estrada de Goiânia a Nova Veneza, pela qual tenho de passar quase todos os dias, e me passaram o número do telefone do engenheiro responsável pela estrada, Reginaldo, que me disse que não estava para ouvir bobaginhas e desligou o telefone na minha cara.

Fernandes fez um apelo ao chefe do poder Executivo do Estado, Marconi Perillo (PSDB). “Essa revolta precisa chegar ao governador do Estado para as devidas providências, porque pago IPVA para viajar por estrada que seja pelo menos transitável e, sobretudo, ser bem tratado pelos funcionários, pagos com nossos impostos”.

Ao comentar esse mesmo post no Facebook, Euler classificou como um “absurdo” o que o engenheiro fez. E disse também: “O Jayme Rincon já está dizendo que foi eu quem ligou. Pode uma coisa dessas! A Agetop está muito mal administrada pelo Jaime Rincon”.

O editor do Jornal Opção disse que Rincon é a Rose Noronha de Goiás: “escândalo certo no presente e no futuro. Anotem e cobrem depois”. E emendou com o seguinte comentário: “Jaime Rincon tenta derrubar secretários e briga com todo mundo no governo. Já fez intriga com Vecci, José Luiz Bittencourt e Vilmar Rocha. Professor José Fernandes, o Jaime Rincon, presidente da Agetop, está dizendo que o texto do sr. foi escrito por mim”.

Em resposta, José Fernandes postou o seguinte comentário: “Diz a ele {Rincon) que quem mora em Santo Antonio de Goiás, sou eu e, portanto, quem padece quase todo dia para passar pelos buracos, sou eu. Diz também que Fernandes significa o ousado e que, portanto, não me calo quando sou prejudicado. Ademais, para mais tornar-me rebelde, José significa Deus acrescenta. Acrescenta ousadia. Grande abraço, meu caro!”

Para ler a íntegra do debate, acesse o comentário que fica no perfil de Euler.

http://www.facebook.com/eulerdefrancabelem/posts/144669379028557