Essa doeu: Hélio Telho diz que Nilo Resende não estudou e só serve para porteiro do TCM

O procurador federal Hélio Telho – aquele que insinua na descrição do seu perfil no Twitter que é fã de caipirinha, pois metamorfoseou a frase “Se a vida me der um limão, faço dele uma caipirinha” – não está sendo implacável só com o novo presidente da Saneago, José Gomes, mas agora também com o deputado estadual e novo conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios – Nilo Resende (DEM).

Em sua conta no Twitter, Telho deu uma cutucada bem pesadinha: afirmou que, por ter apenas o ensino médio, Nilo só serve para ocupar algum cargo tipo porteiro do TCM – ou seja, auxiliar de serviços gerais.

Veja o post:

 @HelioTelho

Com o grau de escolaridade do futuro conselheiro Nilo Resende, legalmente ele poderia ocupar, no máximo, cargo no serviço auxiliar do TCM/GO