Virou epidemia em Goiás: farra das medalhas prossegue com mais 240 comendas na Câmara

Vereador Carlos Soares: pai da ideia genial de homenagear 240 "autoridades"
Vereador Carlos Soares, irmão de Delúbio: pai da ideia genial de homenagear 240 “autoridades”

A Câmara Municipal de Goiânia acaba de criar uma batelada de 240 medalhas para entregar a 240 personalidades, a serem indicadas pelos vereadores, em razão do aniversário de 80 anos de Goiânia.

A idéia genial é do irmão do mensaleiro Delúbio, o vereador Carlos Soares (PT), que resolveu batizar as medalhas com o nome de Joaquim Câmara Filho, fundador do jornal O Popular e pioneiro de Goiânia.

O “medalhismo” é uma doença grave em Goiás.

São milhares de comendas, distribuídas sem parar pela Assembleia Legislativa, Governo do Estado, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e mais uma infinidade de entes públicos – tudo patrocinado com recursos públicos, que custeiam os diplomas, as medalhas geralmente em latão dourado e as fitas e faixas coloridas que lembram adereços de concurso de miss e escolas de samba.