PMDB fica sem proteção no TCM, que passa a ser 100% da base de Marconi

A aposentadoria dos conselheiros Paulo Ortegal e Jossivani de Oliveira deixa o PMDB definitivamente órfão no Tribunal de Contas dos Municípios.

Ambos possuem profundas ligações com Iris Rezende – que, por sinal, ainda tem contas pendentes de aprovação no TCM, do tempo em que foi prefeito de Goiânia.

Nilo Resende e Daniel Goulart, que substituirão Ortegal e Jossivani, fecharão 100% de quorum no TCM para a base aliada comandada pelo governador Marconi Perillo.

Portanto, nuvens negras no horizonte para prefeitos e ex-prefeitos de oposição em Goiás.