“Samuel Belchior tem se mostrado inibido e não deixa marca”, avalia Ivan Mendonça

Em seu comentário matinal no programa Falando Francamente, da Rádio Mil, o jornalista Ivan Mendonça afirmou que, a despeito de o PMDB buscar um “novo Marconi” para as eleições de 2014, faltam nomes ao partido. Ele considera improvável, por exemplo, uma candidatura do deputado Samuel Bechior, “que até hoje está inibido, não dá visibilidade ao PMDB e ficou dois anos na Secretaria de Governo da prefeitura sem deixar uma marca”.

Samuel, que já foi um dos queridinhos do ex-prefeito Iris Rezende, está em absoluto descrédito. O deputado e presidente regional do PMDB votou de acordo com interesses no governo na Assembleia na semana passada em troca da disponibilização do seu pai, o servidor da Saúde Lauro Belchior, para Assembleia Legislativa.