Karlos Cabral anuncia que oposição apresentará projeto de resolução revogando criação dos supersalários

O deputado Karlos Cabral (PT) disse hoje que é inadmissível que um parlamentar estadual tome conhecimento da criação de cargos, na Assembleia, através de matéria veiculada nos jornais.

Ele disse que os deputados de oposição aguardam as explicações do presidente Helder Valin (PSDB).

Cabral acha que a criação de uma batelada de cargos comissionados com salários secretos, mas que O Popular revelou serem de R$ 24 mil mensais, depõe contra a Assembleia e garantiu que a bancada de oposição, se nada for feito pela Mesa Diretora, já entrou em consenso entre os seus 16 membros e vai apresentar projeto de resolução revogando a criação dos novos cargos.